Como calcular o PIS 2018, regras

4.5 (90%) 2 votes

As novas regras para calcular o PIS 2018 foram sancionadas em 16/06/2015, através da Lei 13.134/15, que alterou a lei do abono salarial e se refere ao valor do abono a ser recebido, que a partir daquela data passou a ser de no máximo um salário mínimo, proporcional ao número de meses trabalhados ao longo do ano-base.

Veja mais:

Nos anos anteriores e desde que foram criados os abonos salariais como o PIS 2018 e o PASEP, o trabalhador recebia o salário mínimo vigente do ano base no ano subseqüente que é o ano de pagamento.

Tabela de valor PIS 2018 proporcional

Na tabela abaixo fica fácil entender quanto deverá ser pago ao trabalhador:

MESES TRABALHADOS DIAS VALOR DO ABONO
01 30 A 44 R$ 79,00
02 45 A 74 R$ 157,00
03 75 A 104 R$ 235,00
04 105 A 134 R$ 313,00
05 135 A 164 R$ 391,00
06 165 A 194 R$ 469,00
07 195 A 224 R$ 547,00
08 225 A 254 R$ 625,00
09 255 A 284 R$ 703,00
10 285 A 314 R$ 781,00
11 315 A 344 R$ 859,00
12 345 A 365 R$ 937,00

Como calcular o PIS 2018

Como já sabemos, o PIS pagará de forma proporcional ao tempo trabalhado, diferente de antes que o pagamento era o valor total, mesmo se o trabalhador tivesse trabalhado por apenas 1 mês.

Para calcular o PIS 2018 é necessário multiplicar a remuneração mensal pela quantidade de meses trabalhados, após achar esse resultado, iremos dividir pelos meses trabalhados. Para receber o PIS é necessário que esse cálculo tenha um resultado inferior à 2 salários mínimos.

Exemplo:

Pedro recebeu os seguintes salários: Janeiro = 950,00 – Fevereiro = 1200,00 – Março = 1500,00 (Ao total, foram 3 meses trabalhados)

Soma-se todos os valores = R$ 3.650,00

Divide o valor de = 3650 / 3  = 1.216 (divide pela quantidade de meses trabalhados).

Neste caso você sabe que tem direito ao PIS, ok? Mas não sabe quanto vai receber, ai vem a segunda parte de como calcular o PIS 2018.

Vamos supor que o salário do PIS 2018 seja de R$ 1.000.

  1. Foram 4 meses trabalhados.
  2. Portanto o calculo é o seguinte:
  3. Valor do salário mínimo x quantidade de meses trabalhados x 1 dividido por doze, fica assim na formula

1.000 x 4x 1/12 (um sobre doze avós) está é a base sempre usada.

Valor do cálculo do abono salarial é de R$ 333,33

calcular o PIS 2018

Nesse caso, o trabalhador poderá receber o PIS, pois não passou de 2 salários mínimos.

Regras para receber o PIS

Além dessa proporção para cálculo do pagamento do PIS 2018 outros requisitos também são necessários e obrigatórios para que o trabalhador esteja apto para o recebimento do abono:

  • O trabalhador deve estar cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos. Esse cadastramento é feito pela primeira empresa que o trabalhador foi contratado
  • Ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base, sendo o ano base o ano anterior ao de recebimento do benefício
  • Ter exercido atividade remunerada para Pessoa Jurídica, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração;
  • Ter seus dados informados pelo empregador (Pessoa Jurídica) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

RAIS é responsabilidade do empregador

As empresas e empregadores têm obrigação de enviar todas essas informações anualmente para o Ministério do Trabalho e esse é um direito de todo trabalhador brasileiro. Com essas informações o Governo Federal é capaz de gerar dados para pagamentos de abonos como PIS e PASEP, seguro desemprego, FGTS entre outros.

RAIS negativa

Mesmo que a empresa não teve nenhum funcionário contratado é obrigada a enviar a chamada RAIS negativa, comprovando que não houve contratação nesta empresa durante o ano base. Criada em 1975, RAIS significa: Relação Anual de Informações Sociais e é considerado um grande avanço para a classe trabalhadora.

Conclusão

A dúvida sobre como calcular o PIS é bem comum, poucos sabem como é feito este calculo e como se chega a quem tem direito, aqui neste artigo você aprender como calcular, os valores do abono salarial de acordo com o tempo trabalhado, além de informações sobre a RAIS.

Para mais dúvidas deixe um comentário que responderemos.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!